Higas Supermercado

Cheff Higa's

Dicas de como montar o quarto do bebê!

Dicas de como montar o quarto do bebê!

11/01/2017

O mais novo membro da família precisará de um quarto aconchegante e confortável para a sua chegada ao novo lar. Por isso, é bom planejar o quarto do bebê com antecedência, para que ele tenha a maior tranquilidade e melhor estrutura nos seus primeiros meses de vida.

 

Assim você evita estresses, ficar correndo atrás de possíveis coisas que possam vir dar errado e nos cenários mais trágicos ter que fazer uma reforma em cima da hora. E quanto antes o quarto do seu pequenino estiver pronto, mais fácil será ir organizando os pequenos detalhes aos poucos.

 

 

ESCOLHENDO O QUARTO DO BEBÊ

É importante que o quarto escolhido seja de fácil acesso aos pais, para atender o bebê com rapidez quando for necessário. Por isso, prefira montá-lo num cômodo próximo a outros que são utilizados com frequência, sobretudo perto do quarto dos pais. Assim você consegue dar a assistência necessária que precisa à criança. Outra opção são as babás eletrônicas, para quando o ambiente próximo aos quartos já estiverem ocupados.

 

DECORANDO O QUARTO INFANTIL

Decore o quarto de seu filho com toques de personalidade, porém, sem exageros, pois o excesso traz confusão visual para o pequeno. Uma dica segura é apostar numa decoração amena e equilibrada, utilizando tons neutros, como o branco. Prefira cores claras e calmas, do que tons muito chamativos.

Quer investir numa decoração colorida? Boas dicas são tons pastel, como o amarelo, rosa claro, lilás e azul bebê, que podem ser utilizados na decoração dos berços, lençóis e brinquedos, tornando o ambiente agradável e mantendo o ar infantil no ambiente. Até mesmo papel de parede podem dar o toque que faltava na decoração.

Adesivos, papéis de parede e painéis são ótimas alternativas para deixar o ambiente mais colorido e divertido para seu filho. Também está sendo muito usada hoje em dia nos quartos de bebês uma cor intensa pintada em uma só parede, garantindo personalidade ao ambiente.

 

QUAIS MÓVEIS COMPRAR

Os móveis para quarto do bebê são itens fundamentais: eles darão funcionalidade para o ambiente, além de complementar a decoração do cômodo, dando um charme especial à área. Se o espaço for pequeno, é possível fazer móveis planejados, mas normalmente não há a necessidade, levando em conta que a mobília de bebÊs costuma ser menor.

Garanta móveis essenciais para o quarto, como o berço, guarda-roupa e cômoda, item versátil que pode substituir o trocador de fraldas. Deixe um espaço para a poltrona de amamentação, essencial para garantir o conforto da mamãe e bebê.

Móveis complementares também fazem toda a diferença no quarto infantil. É o caso do baú, que oferece um espaço extra para armazenar peças do enxoval e brinquedos, de modo a manter o quarto organizado. Pense nos itens que precisará guardar na mobília na hora de escolhê-las. Serão fraldas, itens de higiene, roupinhas e vários outros.

Nichos e prateleiras são outros móveis complementares que valem o investimento e podem ser instalados em locais estratégicos, como próximos à cômoda / trocador, deixando itens utilizados com frequência sempre às mãos. Esses mesmos móveis, inclusive, podem servir de apoio para objetos decorativos.

Lembre-se de medir o quarto e levar em consideração essa informação na hora de garantir os móveis, para escolher itens que caibam no cômodo. Se possível, compre móveis menores, para ganhar espaço. Além de caber tudo o que você precisa, será preciso ter uma área de circulação para que seu filho possa andar e brincar conforme vá ficando maiorzinho.

 

ONDE POSICIONAR OS MÓVEIS?

Você deve sempre pensar na segurança da criança ao planejar tal disposição dos móveis. Uma dica importante é posicionar a cama do bebê fora do espaço de circulação de ar que entra pela janela e pela porta, minimizando o risco da criança ser vítima de doenças respiratórias.

Com o berço instalado, a partir daí é feita a escolha da posição ideal dos outros móveis. Procure deixar guarda-roupa e cômoda relativamente próximos do berço, para evitar grandes deslocamentos para trocar o bebê, por exemplo. São pequenas dicas, mas que no final fazem toda a diferença.

Também é legal já pensar em como adaptar o quarto do bebê para um quarto de criança posteriormente, pois os meses passaram muito rápido e logo o berço será substituído por uma cama, fazendo com que os pais tenham que modificar todo o espaço. Ao pensar no futuro, será mais fácil mudar somente os móveis necessário, do que toda a mobília.

 

TENHA CUIDADO COM BARULHOS E ILUMINAÇÃO

Também é importante que os pais deem atenção especial à proteção de ruídos e que apostem na baixa luminosidade na hora de compor o quarto do bebê! Escolha um local sem muito barulho da rua e calmo.

Para não atrapalhar o sono dos pequenos, uma dica é instalar lâmpadas no roupeiro e no trocador, para não precisar utilizar a forte luz do teto à noite, ou também instalar um sistema de iluminação automatizado para controlar a intensidade da luz. Prefira luzes confortável e suave, como a iluminação amarela. Abajures também são ótimas ideias de aconchego.

 

COMO EVITAR ACIDENTES

O kit berço é muito útil, pois protege o bebê e evita que ele se machuque nas laterais do móvel, além de também ser decorativo. É composto por uma cabeceira, duas laterais, uma peseira, um edredom e um trocador.

Como itens opcionais, há a saia de berço, o mosquiteiro e o jogo de lençol. Se optar pelo kit, não se esqueça de amarrá-lo bem ao berço, evitando que o bebê puxe as peças. O mosquiteiro é muito útil em locais quentes, onde há muitos insetos. Outra dica é colocar telas apropriadas nas janelas.

Quando o bebê começar a engatinhar e se movimentar pelo quarto, é importante atentar aos móveis: os que não possuem quina arredondada devem receber um protetor de quina, que minimiza o risco de acidentes. Outro cuidado é investir num protetor de tomada, para aumentar ainda mais a segurança do bebê. Eles podem acabar colocando o dedo nas tomadas, então fique sempre atento. Escolha um que seja difícil de remover.

Você também pode comprar protetores para as portas, evitando que o seu filho ou sua filha prenda seus pequenos dedinhos.

 

Você tem um bebê em casa e já passou por essa deliciosa experiência de decorar o quarto do seu filho? Compartilhe com o blog as suas experiências, pois elas podem ser muito úteis para outros leitores.

 

Fonte: http://www.homeit.com.br

 

Comentários

Posts Recentes

Cartão Higa's

Newsletter